A emoção do frio: um guia para esportes de inverno

Espalhar o amor

A maioria dos lugares do mundo experimenta temperaturas mais frias, chuva, neve e clima mais rigoroso durante o inverno. Ainda assim, também traz consigo uma variedade de esportes que não estão disponíveis em outras temporadas. Essas atividades de inverno são importantes e podem animar os meses monótonos. Se você não está familiarizado com os esportes de inverno, incluindo sua definição, métodos, locais e requisitos de participação, continue lendo para obter todo o conhecimento necessário. 

Você não precisa ser um atleta olímpico para desfrutar de um treino emocionante no tempo frio – há muitas opções que oferecem um treino emocionante, independentemente da sua preferência por neve ou gelo. Vários desses exercícios são benéficos para o treinamento cruzado e são fáceis para as articulações.

Passeio Atlântico

Os esportes de inverno mais populares

Para quem nunca fez isso antes, mergulhar no mundo dos esportes de inverno e em todos os seus extras luxuosos (equipamentos, costumes, métodos e emoção) pode ser incrivelmente emocionante e intimidante. Leia nosso guia útil abaixo se você é novo na ideia de manobrar objetos presos aos seus pés para se mover de forma constante e rápida pela encosta de uma montanha e está prestes a entrar nesse mundo. E quando você se sentir confiante o suficiente, vá cadastre-se no Betika com suas incríveis opções de apostas em esportes de inverno. 

snowboarding

Como o snowboard pode ser praticado como esporte sério ou como hobby, é uma boa opção. De qualquer forma, você provavelmente precisará de algumas horas com um especialista para aprender os fundamentos. Praticar snowboard em família é uma ótima ideia. Para quem procura adrenalina, pode ser emocionante, mas se não for o seu caso, pode sempre optar pelas pistas para iniciantes.

Esqui de montanha

Embora existam algumas semelhanças entre o snowboard e o esqui, os dois esportes são totalmente diferentes. Ter a habilidade de esquiar tornará as férias muito mais agradáveis! Você pode começar a praticar esqui em alguns de seus locais de férias, além de ser um bom esporte para praticar. Semelhante ao snowboard, você provavelmente precisará de algumas lições antes de determinar o quão seriamente deseja levar esta atividade: é algo que você deseja fazer por diversão ou de forma competitiva?

Patinagem no gelo

Como você deve ter notado, há um pequeno problema com o esqui e o snowboard: a neve é ​​um pré-requisito. Caso contrário, estas atividades seriam excelentes opções para desportos de inverno. Nem todo mundo vive em um lugar onde o inverno traz neve todos os anos. A patinação no gelo é, portanto, um substituto fantástico. Embora as pistas de gelo ao ar livre estejam abertas exclusivamente no inverno, as pistas de gelo cobertas estão abertas durante todo o ano, então você não precisa se limitar aos meses mais frios. Você pode tentar algo mais difícil, como patinação artística, se quiser. Patinar no gelo pode ser um hobby divertido. 

Hockey no gelo

O Canadá é o berço do esporte de ritmo acelerado e alto contato conhecido como hóquei no gelo. O jogo tem três períodos, cada um com duração de vinte minutos. A duração total do jogo é de aproximadamente duas horas e meia, incluindo intervalos de 10 a 20 minutos entre os períodos, paralisação por lesões e revisões do jogo. Seis jogadores podem estar no gelo ao mesmo tempo para cada equipe: um goleiro ou goleiro e cinco patinadores em várias posições. Cada jogador tem capacete, luvas, bastão, patins e equipamento de proteção sob a camisa. Eles estão lutando por gols com o disco no gelo. 

Sledding

Andar de trenó é uma atividade divertida de inverno que requer pouco equipamento ou habilidade. Tudo o que você precisa é de uma colina coberta de neve e de um trenó. Faça um passeio pela emocionante encosta subindo no trenó e empurrando. Não se esqueça de usar roupas quentes, escolher um declive suave e seguro e prestar atenção a quaisquer obstáculos. É altamente recomendável desfrutar desta atividade em família ou com amigos.

Olimpíadas de Inverno e sua mania

A cada quatro anos, uma variedade de esportes são realizados nas Olimpíadas de Inverno, todos limitados a competições na neve ou no gelo. Para disputar uma medalha olímpica, os atletas podem competir em quinze modalidades diferentes, que vão do snowboard ao esqui.

  • Esqui alpino
  • Biathlon
  • Bobsleigh
  • Esqui Cross-Country
  • Ondulação
  • Patinagem Artística
  • Esquiando em estilo livre
  • Hockey no gelo
  • Luge
  • Combinação nórdica
  • Patinação de velocidade em pista curta
  • Esqueleto
  • Salto de esqui
  • Snowboard
  • Patinagem de velocidade

Por que a lista de esportes das Olimpíadas de Inverno é tão pequena em comparação com os Jogos Olímpicos de Verão? A principal razão para isso é o seu alto custo. Uma variedade de equipamentos especializados, bem como pistas, pistas de gelo e produção de neve, são necessários para os esportes olímpicos. Não há muitos locais com instalações para apoiar esportes indoor e outdoor, e adicionar mais esportes pode tornar a seleção ainda mais limitada.

Nunca houve Jogos Olímpicos de Inverno mais competitivos e emocionantes do que os de Pequim em 2022. Tem sido um desafio acompanhar os cerca de 3,000 atletas que representam 91 nações em 109 eventos abrangendo 15 disciplinas. Os relatórios afirmam que 11.4 milhões de pessoas assistiram à cerimônia em média. Paralelamente, ocorreram 2.5 mil milhões de interações nas plataformas de redes sociais olímpicas. Esta estatística demonstra que há poucas chances de alguém perder o evento mundial.

Back to the Roots

Cerca de 250 atletas de 16 países diferentes competiram em 16 eventos diferentes durante a estreia Jogos Olímpicos de Inverno de 1924, que foram realizadas em Chamonix, França. Apenas a patinação artística estava aberta às mulheres (das quais 11 competiram). Bobsled, hóquei, curling, esqui cross-country, patrulha militar, combinado nórdico, salto de esqui e patinação de velocidade estavam entre os outros eventos. Dez mil pessoas pagaram para participar do que era então chamado de Semana dos Esportes de Inverno, e foi considerado um grande sucesso. Devido a isso, o Comitê Olímpico Internacional decidiu renomear os Jogos Olímpicos de Inverno de 1926 como os Jogos Olímpicos de Inverno inaugurais.

Propósito

Inicialmente, o objectivo dos Jogos Olímpicos de Inverno era utilizar o desporto para promover a compreensão e a paz globais. Os jogos também esperam promover melhor saúde e atividade física entre pessoas de todas as idades por meio dos esportes de inverno. As Olimpíadas oferecem uma oportunidade única para as pessoas testemunharem esses atletas em ação e ficarem maravilhadas com suas habilidades, porque os esportes de inverno são frequentemente especializados e não amplamente acessíveis. Também contribui para mostrar todos os destinos de desportos de inverno em todo o mundo, bem como os países de origem dos atletas. Esta abordagem promove o turismo, incentivando as pessoas a visitar estes locais e a descobrir mais sobre o modo de vida e a paisagem local.

Como aproveitar ao máximo os esportes de inverno: dicas

Embora a prática de esportes de inverno possa ser emocionante, a segurança deve estar sempre em primeiro lugar. Use sempre o equipamento adequado, como óculos de proteção, capacetes e várias camadas de roupas quentes. Beba bastante água e faça pausas regulares para relaxar e se reidratar. Preste atenção ao clima e siga as instruções de segurança ou alertas das autoridades. Para minimizar o risco de lesões e aprender técnicas adequadas, comece com orientação ou aulas profissionais. Além disso, viaje sempre em grupo ou com um amigo ao praticar esportes de inverno para aumentar a segurança.

Engrenagem Adequada

Qualquer que seja o esporte de inverno que você escolher, certifique-se de ter equipamento adequado e adequado. Embora os equipamentos para esportes de inverno possam ser caros, considere comprar itens usados ​​ou alugar equipamentos para um fim de semana. Apenas certifique-se de consultar os profissionais sobre questões como comprimento do skate de esqui ou hóquei, botas, fixações e tamanhos de figuras ou botas. Mais importante ainda, ao praticar esportes como esqui e snowboard, use sempre capacete.

Vá devagar

Lembre-se de que você não está tentando ganhar uma medalha olímpica em qualquer esporte de inverno que decidir praticar. Comece devagar se tiver estado fisicamente inativo na maior parte do tempo. Aumente seu nível de atividade gradualmente e certifique-se de usar o equipamento de proteção correto.

Melhore sua forma

Todos sabemos que o condicionamento físico envolve mais do que apenas peso; trata-se também de força, velocidade e resistência. O exercício regular pode melhorar essas coisas, independentemente do peso da pessoa. Como os esportes de inverno exigem equilíbrio, será útil se você decidir correr ou caminhar para se manter em forma. Para aumentar a flexibilidade, outra necessidade do esporte, você pode até decidir praticar ioga.

sempre aquecer

​​Devido aos músculos tensos, diminuição do fluxo sanguíneo, alteração da orientação espacial e outros fatores, a natureza sensível ao frio do inverno requer um aquecimento mais completo. Preste muita atenção ao aquecimento para maximizar seu desempenho e reduzir a chance de lesões. Para aumentar a temperatura corporal, você deve se aquecer. Evite alongar enquanto estiver com frio. À medida que a temperatura cai, o alongamento no frio não traz os mesmos benefícios do alongamento tradicional; pior, pode até ter o efeito oposto e aumentar a possibilidade de lesões (tensão, alongamento, ruptura). Sempre que possível, escolha alongamentos breves, dinâmicos e ativos, em vez de se esforçar.

Hidrato

Atenção: no frio, muitas vezes perdemos a percepção da sede. Por outro lado, a desidratação é acelerada pela respiração de ar frio e pela manutenção da temperatura corporal. É, portanto, crucial manter-se hidratado antes, durante e após o esforço físico para evitar um declínio no desempenho. É melhor bebericar a cada dez a quinze minutos. Procure fazer de 300 a 500 mililitros de esforço por hora, de preferência durante a corrida. Para esforços que durem mais de uma a uma hora e meia no frio, uma bebida de esforço também pode ser considerada. O corpo necessita de mais carboidratos em temperaturas mais frias. Assim, a bebida deverá ter maior teor de carboidratos.

Aprenda a etiqueta do seu esporte aplicável

Cada jogador deve aprender as regras antes mesmo de pisar naquele morro devido à natureza perigosa do esporte. Lembre-se que antes de retornar a uma trilha é preciso ficar atento à pessoa que está no morro e que tem prioridade. Se você caiu, certifique-se de que nada ficou para trás, para que ninguém bata ou tropece nele. Quando se trata de esportes de inverno, ainda existem muitos regulamentos e tradições adicionais com os quais você deve se familiarizar. Eles podem ser encontrados em cabines e outros locais que recebem jogadores e novatos.

Verifique as condições meteorológicas

Mesmo que pareça bastante óbvio, sempre verifique a previsão do tempo antes de sair de casa. Por exemplo, você pode escorregar e se machucar se estiver gelado. Sem falar que evite sair de casa quando estiver (realmente) muito frio! Em geral, é mais sensato ficar em casa quando a temperatura cai abaixo de 5°C, a menos que você seja um profissional ou tenha um objetivo específico. Não importa o clima, malhar em casa às vezes pode ser uma boa maneira de melhorar seu condicionamento físico (cardio, Pilates, etc.)! Fique em forma, construa músculos ou simplesmente libere um pouco de vapor no conforto da sua casa. Adapte a sua rotina de exercícios ao clima!

Futuro dos esportes de inverno

O impacto das alterações climáticas nos desportos de inverno foi considerado “alarmante” pelo presidente do COI, Thomas Bach. Os Jogos de Inverno estão programados para Milão e Cortina d'Ampezzo em 2026; até agora, muita neve foi praticamente garantida nesta região. Infelizmente, houve um atraso de um ano na atribuição dos direitos de hospedagem dos Jogos de Inverno de 2030. Os políticos e o público em geral estão cada vez menos a favor da organização dos Jogos Olímpicos. Além disso, há a questão de localizar um local que garanta neve suficiente em fevereiro. Quem iria querer gastar milhares de milhões de dólares de impostos na construção de pistas de bobsleigh e luge, pistas de esqui de fundo e outras instalações que serão abandonadas ou só serão viáveis ​​com muito trabalho e custos operacionais dispendiosos?

O problema, claro, vai além dos eventos atléticos profissionais. Um dos sectores económicos mais sensíveis às condições meteorológicas, a indústria do turismo de Inverno, enfrenta desafios decorrentes do aumento das temperaturas e da escassa nevasca. Devido a uma estação de inverno mais curta e a menos locais em todo o mundo, os desportos de inverno estão agora mais suscetíveis às antigas questões de oferta e procura. Muitas pessoas consideram agora muito mais difícil conseguir férias de esqui em estâncias ainda viáveis, e o problema das emissões provenientes das viagens aéreas internacionais também limitou a capacidade das pessoas de viajarem para longe para praticarem desporto.

As estâncias de desportos de inverno estão preocupadas com o futuro devido ao clima ameno que deixou nuas muitas áreas que normalmente ficam inundadas de neve nesta época do ano. Os especialistas prevêem que, nos próximos anos, as alterações climáticas poderão ter um impacto substancial nos passes de esqui e nas dormidas, especialmente em altitudes mais baixas, com base em projeções de consenso sobre as variáveis ​​climáticas. Além disso, a produção de neve pode não ser suficiente para manter os fluxos turísticos porque, embora possa diminuir as perdas financeiras associadas a invernos esporádicos com falta de neve, é impotente para evitar tendências sistémicas a longo prazo no sentido de invernos mais quentes. 

O número de dias de inverno com temperaturas abaixo da média diminuiu e o aumento da temperatura global está a tornar o ar mais quente. As linhas de neve estão diminuindo, o que significa que, para encontrar neve, você deve agora subir a montanha mais alto do que antes. Espera-se que a temporada de esqui continue a diminuir em relação à duração atual. 

Conclusão

Acima de tudo, tenha em mente que praticar esportes de inverno é tão seguro quanto dirigir um carro. Você não terá que se preocupar com acidentes se estiver familiarizado com todos os regulamentos e dominar as habilidades fundamentais tanto para esquiar quanto para praticar snowboard. Considere sua segurança pessoal e use equipamentos de proteção, como joelheiras e capacete. Mas também descubra maneiras de contribuir para a segurança das pessoas ao seu redor. Praticar esportes de inverno é muito divertido e, com bastante treinamento, você pode se tornar um atleta profissional.


Espalhar o amor

Deixe um comentário